Testes melhores para o câncer da próstata

Os testes atuais para detectar o câncer da próstata são bons, mas podem ser muito melhores. O melhor que se usa é o PSA. Porém, o PSA produz aproximadamente quinze por cento de falsos negativos. O que é isso? O teste é interpretado como negativo, ou seja, o paciente não tem câncer, mas de fato tem. Os erros são maiores do lado positivo: há falsos positivos cerca de 50% até 75% dos casos, dependendo da definição. Falso positivo? O teste indica câncer, o paciente é diagnosticado como tal, mas não tem câncer.

Não é “só” um erro. O diagnóstico de câncer é uma porrada. Muitos pacientes perdem o controle emocional, ficam traumatizados. Esses pacientes pagam um alto preço pela imperfeição do teste.

Está sendo testado um teste que usa a urina em dois hospitais de Cleveland e um de Boston. É chamado de PSA/SIA. O atual teste de PSA nos diz quanto PSA circula no sangue do paciente. O PSA/SAI informa a respeito de muitas mudanças na proteína que chamamos de PSA. Ele consegue diferenciar a estrutura molecular de um PSA canceroso daquela de um PSA normal, saudável. Além de informar se o paciente está no nível em que o câncer é provável, informa também se ele é agressivo. São informações importantes para recomendar um tratamento ou outro. Nos diz qual o nível do câncer. Se for um nível alto, a despeito de uma quantidade ainda moderada sendo produzida, pode ser aconselhável fazer logo uma cirurgia.

Um primeiro teste com 222 homens produziu uma sensitividade de cem por cento (não há falsos negativos – se o resultado for negativo, o paciente não tem câncer e pronto).

E a especificidade? Esse teste permite quantos falsos positivos? Comparativamente poucos: vinte por cento de falsos positivos, muito menos do que o teste de PSA.

Esse teste não deve eliminar o de PSA, nem o toque retal. O uso de vários testes reduz os erros.

Você pode obter muitas informações em vídeos da equipe dirigida pelo Dr. David Samadi:

New Study On Prostate Cancer Screening Effectiveness http://www.youtube.com/watch?v=KFH1XFgoziQ

Comparing Prostate Cancer Treatment Options – Robotic Surgery Vs. Watchful Waiting

http://www.youtube.com/watch?v=9dC4T9JAJss

Outro Link: Smart-Surgery.com

FONTE: RoboticOncology.com

GLÁUCIO SOARES IESP-UERJ

Se quiser saber mais sobre o câncer da próstata, visite os seguintes blogs:

http://psacontrol.blogspot.com/

ou

http://vivaavida.wordpress.com/

Se puder ler em Inglês, veja

www.psa-rising.com/


Anúncios

O câncer da próstata pode matar homens jovens

Todos já sabemos, ou deveríamos saber, que o risco de câncer da próstata aumenta com a idade e que se concentra entre os idosos. Também sabemos que, com raras exceções, a maioria dos que são diagnosticados com este câncer acaba morrendo de outras causas e que, se bem tratados, mesmo os que morrem vitimados por ele, têm uma ampla sobrevivência.

Mas nem sempre: risco não é certeza! Já foram identificados 25 tipos diferentes do câncer da próstata; a maioria é indolente e avança lentamente gerando um padrão de comportamento médico, dominante em alguns países, de não tratar os pacientes de formas indolentes deste câncer, particularmente os mais idosos. Esses pacientes são acompanhados e são tratados apenas se e quando o câncer se torna mais agressivo e avança rapidamente.

Mas há casos de homens jovens com câncer da próstata, inclusive de homens jovens que morrem vitimados por ele. Foi o que aconteceu com um policial americano, Tim Barber, que faleceu aos 42 anos. Tim se tornou conhecido porque após a descoberta de que tinha câncer da próstata e de que era uma das suas variantes agressivas, ele se tornou um ativista em Tempe, no Arizona. Durante sua carreira de policial não faltou ao trabalho um só dia e gozava de excelente saúde. O câncer foi descoberto em 2009: era uma forma agressiva que já havia avançado muito. O tratamento foi igualmente agressivo (quimioterapia e radioterapia); usualmente a quimioterapia só é usada em casos avançados, depois de que outros tratamentos fracassam. Por quê? Porque a químio aumenta a sobrevivência dos que sofrem deste câncer em apenas quatro meses – na mediana (mediana: metade dos pacientes sobrevive mais do que quatro meses e metade menos) e os efeitos colaterais são pesados. Os tratamentos produziram resultados temporários: o PSA voltou ao normal e os sintomas desapareceram, mas esse período de remissão durou pouco: voltaram, o câncer progrediu rapidamente e Tim faleceu perto de dois anos após o diagnostico, muito mais rapidamente do que a grande maioria dos pacientes. Estatisticamente, a maioria dos pacientes não morre deste câncer, nem mesmo os diagnosticados com formas relativamente agressivas. Quanto mais alerta e conhecedora a população, mais baixa a taxa de mortalidade e, mesmo entre os que morrem, é maior a sobrevivência. Morrem muito menos e, mesmo entre os que morrem, há diferenças: sobrevivem por um tempo muito maior. Eu tenho uma forma agressiva, fui diagnosticado há 16 anos, e estou aqui nessa campanha de prevenção e cura, escrevendo para vocês.

A esposa de Tim participou da cruzada do marido e pretende seguir lutando para que os homens comecem a fazer testes de PSA cedo e não descuidem do tratamento. A campanha de prevenção deste câncer é empurrada, em medida substantiva, por mulheres e filhas de pacientes que morreram.

Não descuide!

GLÁUCIO SOARES IESP – UERJ

Se quiser saber mais sobre o câncer da próstata, visite os seguintes blogs:

http://psacontrol.blogspot.com/

ou

http://vivaavida.wordpress.com/

Se puder ler em Inglês, veja

www.psa-rising.com/

Experimento sobre cancer da próstata avançado que inclui locais no Brasil


Temos poucas oportunidades de participar em pesquisas Fase III. Essa é uma. Se perderem tempo podem perder a oportunidade.

Gláucio Soares

Phase 3 Study of Immunotherapy in Advanced Prostate Cancer

This study is currently recruiting participants

The purpose of this study is to determine if patients with metastatic prostate cancer who have not received chemotherapy live longer when treated with ipilimumab than those treated with a placebo.

Study Type: Interventional

Study Design:

Allocation: Randomized

Endpoint Classification: Efficacy Study

Intervention Model: Parallel Assignment

Masking: Double Blind (Subject, Caregiver, Investigator, Outcomes Assessor)

Primary Purpose: Treatment

Phase 3 Study of Immunotherapy to Treat Advanced Prostate Cancer

This study is currently recruiting participants.

Verified on January 2011 by Bristol-Myers Squibb

First Received on January 26, 2010.   Last Updated on August 3, 2011   History of Changes

Sponsor:

Bristol-Myers Squibb

Information provided by:

Bristol-Myers Squibb

ClinicalTrials.gov Identifier:

NCT01057810

  Purpose

The purpose of this study is to determine if patients with metastatic prostate cancer who have not received chemotherapy live longer when treated with ipilimumab than those treated with a placebo

Condition

Intervention

Phase

Prostate Cancer Drug: Ipilimumab
Drug: Placebo
Phase III
Study Type: Interventional
Study Design: Allocation: Randomized
Endpoint Classification: Efficacy Study
Intervention Model: Parallel Assignment
Masking: Double Blind (Subject, Caregiver, Investigator, Outcomes Assessor)
Primary Purpose: Treatment

Locations

United States, Alaska
Alaska Clinical Research Center, Llc Recruiting
Anchorage, Alaska, United States, 99508
Contact: William R Clark, Site 141     907-267-1455        
United States, Arizona
Pinnacle Oncology Hematology Recruiting
Scottsdale, Arizona, United States, 85258
Contact: David S Mendelson, Site 036            
Arizona Cancer Center Recruiting
Tucson, Arizona, United States, 85724
Contact: Frederick Ahmann, Site 137     520-626-8096        
United States, California
Local Institution Not yet recruiting
Los Angeles, California, United States, 90048
Contact: Site 213            
Prostate Oncology Specialists, Inc. Recruiting
Marina Del Rey, California, United States, 90292
Contact: Mark Scholz, Site 071     310-827-7707        
Local Institution Not yet recruiting
Palm Springs, California, United States, 92262
Contact: Site 180            
Desert Hematology Oncology Recruiting
Rancho Mirage, California, United States, 92270
Contact: Luke P Dreisbach, Site 138     760-568-3613        
Southern California Permanente Medical Group Recruiting
San Diego, California, United States, 92108
Contact: Jonathan Polikoff, Site 115     619-641-2675        
Pacific Hematology Oncology Associates Recruiting
San Francisco, California, United States, 94115
Contact: Ari David Baron, Site 077            
United States, Colorado
Local Institution Not yet recruiting
Aurora, Colorado, United States, 80045
Contact: Site 126            
United States, District of Columbia
George Washington University Recruiting
Washington, District of Columbia, United States, 20037
Contact: Robert S. Siegel, Site 169            
United States, Florida
Lynn Cancer Institute Center For Hematology-Oncology Recruiting
Boca Raton, Florida, United States, 33486
Contact: Lloyd D Berkowitz, Site 175     561-955-6613        
University Of Florida Recruiting
Gainesville, Florida, United States, 32610
Contact: Long H. Dang, Site 157     352-273-9168        
Baptist Cancer Institute Recruiting
Jacksonville, Florida, United States, 32207
Contact: Troy H. Guthrie Jr., Site 158     904-202-7051        
Local Institution Not yet recruiting
Miami Beach, Florida, United States, 33140
Contact: Site 203            
Md Anderson Can Ctr Orlando Recruiting
Orlando, Florida, United States, 32806
Contact: Julio Hajdenberg, Site 112     321-841-1075        
Hematology Oncology Associates Of The Treasure Coast Recruiting
Port St. Lucie, Florida, United States, 34952
Contact: Nicholas O. Iannotti, Site 105     772-408-5159        
United States, Georgia
Georgia Cancer Specialists Recruiting
Atlanta, Georgia, United States, 30341
Contact: Mansoor N Saleh, Site 049     770-496-9403        
Theresa Coleman, Md Recruiting
Augusta, Georgia, United States, 30912
Contact: Teresa Coleman, Site 082     706-721-2505        
Suburban Hematology/Oncology Associates, Pc Recruiting
Lawrenceville, Georgia, United States, 30046
Contact: Aldemar Montero, Site 147     678-533-1567        
United States, Hawaii
Straub Clinic And Hospital Recruiting
Honolulu, Hawaii, United States, 96813
Contact: Ian Okazaki, Site 160            
United States, Illinois
University Of Chicago Recruiting
Chicago, Illinois, United States, 60637
Contact: Russell Szmulewitz, Site 085     773-834-5137        
Cancer Care Specialists Of Central Illinois Recruiting
Decatur, Illinois, United States, 62526
Contact: James Lloyd Wade, Iii, Site 056     217-876-4760        
Loyola University Chicago Recruiting
Maywood, Illinois, United States, 60153
Contact: Ellen Gaynor, Site 183     708-327-3101        
United States, Indiana
Indiana University Health Recruiting
Goshen, Indiana, United States, 46526
Contact: Ebenezer Kio, Site 027     574-535-2888        
United States, Kansas
Hutchinson Clinic, Pa Recruiting
Hutchinson, Kansas, United States, 67502
Contact: Fadi Estephan, Site 054     620-694-2053        
Colmery-O’Neil Va Medical Center Recruiting
Topeka, Kansas, United States, 66622
Contact: Ace Allen, Site 196            
Cancer Center Of Kansas Recruiting
Wichita, Kansas, United States, 67214
Contact: Shaker R Dakhil, Site 178     316-262-4467        
United States, Maine
Maine Center For Cancer Medicine Recruiting
Scarborough, Maine, United States, 04074
Contact: Frederick R. Aronson, Site 171     207-396-7600        
United States, Maryland
Local Institution Not yet recruiting
Baltimore, Maryland, United States, 21201
Contact: Site 083            
Sidney Kimmel Comprehensive Cancer Center At Johns Hopkins Recruiting
Batlimore, Maryland, United States, 21231
Contact: Charles Drake, Site 181            
United States, Minnesota
Mayo Clinic Recruiting
Rochester, Minnesota, United States, 55905
Contact: Eugene D Kwon, Site 057     507-284-5365        
United States, Missouri
Ellis Fischel Cancer Center Recruiting
Columbia, Missouri, United States, 65203
Contact: Michael C. Perry, Site 069     573-882-4979        
Kansas City Veterans Affairs Medical Center Recruiting
Kansas City, Missouri, United States, 64128
Contact: Peter J. Van Veldhuizen, Site 173     816-861-4700 ext 56775        
United States, Nevada
Nevada Cancer Institute Recruiting
Las Vegas, Nevada, United States, 89135
Contact: Oscar Goodman Jr., Site 067     702-822-5433        
United States, New Jersey
The John Theurer Cancer Center Recruiting
Hackensack, New Jersey, United States, 07601
Contact: Robert Alter, Site 142            
United States, New York
Montefiore Medical Center Recruiting
Bronx, New York, United States, 10461
Contact: Sanjay Goel, Site 050     718-920-6193        
North Shore Hematology/Oncology Associates, P.C. Recruiting
East Setauket, New York, United States, 11733
Contact: Noshir Dacosta, Site 055     631-751-3000        
Goshen Medical Associates Recruiting
Goshen, New York, United States, 10924
Contact: William Cieplinski, Site 092     845-294-8888        
Stony Brook University Medical Center Recruiting
Stony Brook, New York, United States, 11794
Contact: Shenhong Wu, Site 048            
Syracuse Va Medical Center Recruiting
Syracuse, New York, United States, 13210
Contact: Ajeet Gajra, Site 127     315-425-3459        
Suny Upstate Medical University Recruiting
Syracuse, New York, United States, 13210
Contact: Bernard Poiesz, Site 035     315-464-8253        
United States, North Carolina
Timothy S. Collins, Md Recruiting
Winston Salem, North Carolina, United States, 27103
Contact: Timothy S. Collins, Site 156     336-277-8946        
United States, Oklahoma
Cancer Care Associates Recruiting
Tulsa, Oklahoma, United States, 74136
Contact: Mark R. Olsen, Site 159            
United States, Oregon
Oregon Health And Science University Recruiting
Portland, Oregon, United States, 97239
Contact: Tomasz Beer, Site 047     503-494-6179        
Kaiser Permanente Oncology/Hematology Recruiting
Portland, Oregon, United States, 97227
Contact: Mark Urban Rarick, Site 114     503-249-3506        
United States, Pennsylvania
St Luke’S Hospital And Health Network Recruiting
Bethlehem, Pennsylvania, United States, 18015
Contact: Sanjiv Agarwala, Site 139     610-954-2145        
United States, South Carolina
Local Institution Not yet recruiting
Greenville, South Carolina, United States, 29615
Contact: Site 186            
Local Institution Not yet recruiting
Myrtle Beach, South Carolina, United States, 29572
Contact: Site 197            
United States, Texas
Scott & White Memorial Hospital And Clinic Recruiting
Temple, Texas, United States, 76508
Contact: Sherronda Moore Henderson, Site 148     254-724-5890        
United States, Utah
Utah Cancer Specialists Recruiting
Salt Lake City, Utah, United States, 84106
Contact: W Graydon Harker, Site 140     801-281-6864        
United States, Washington
Providence Regional Medical Center Everett Recruiting
Everett, Washington, United States, 98201
Contact: Peter Jiang, Site 096     425-297-5532        
Local Institution Not yet recruiting
Seattle, Washington, United States, 98109
Contact: Site 070            
Wenatchee Valley Medical Center Recruiting
Wenatchee, Washington, United States, 98801
Contact: Mitchell Garrison, Site 024     509-665-5800        
Argentina
Local Institution Not yet recruiting
Rosario, Santa Fe, Argentina, S2000DSV
Contact: Site 214            
Local Institution Not yet recruiting
Rosario, Santa Fe, Argentina, S2000DSK
Contact: Site 188            
Local Institution Recruiting
Buenos Aires, Argentina, 1120
Contact: Site 090            
Local Institution Recruiting
Buenos Aires, Argentina, C1280AEB
Contact: Site 187            
Local Institution Not yet recruiting
Buenos Aires, Argentina, C1426BOS
Contact: Site 215            
Local Institution Recruiting
Cordoba, Argentina, X5000AAI
Contact: Site 154            
Local Institution Recruiting
La Rioja, Argentina, 5300
Contact: Site 189            
Australia, New South Wales
Local Institution Recruiting
Kogarah, New South Wales, Australia, 2217
Contact: Site 100            
Australia, South Australia
Local Institution Recruiting
Ashford, South Australia, Australia, 5035
Contact: Site 043            
Australia, Victoria
Local Institution Recruiting
Box Hill, Victoria, Australia, 3128
Contact: Site 044            
Local Institution Recruiting
East Bentleigh, Victoria, Australia, 3165
Contact: Site 046            
Local Institution Recruiting
Frankston, Victoria, Australia, 3199
Contact: Site 144            
Local Institution Recruiting
Heidelberg, Victoria, Australia, 3084
Contact: Site 041            
Australia, Western Australia
Local Institution Recruiting
Subiaco, Western Australia, Australia, 6008
Contact: Site 040            
Brazil
Local Institution Recruiting
Brasilia, Distrito Federal, Brazil, 72115
Contact: Site 064            
Local Institution Recruiting
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, 30150
Contact: Site 062            
Local Institution Recruiting
Belo Horizonte – Mg, Minas Gerais, Brazil, 31150
Contact: Site 063            
Local Institution Recruiting
Ijui, Rio Grande Do Sul, Brazil, 98700
Contact: Site 143            
Local Institution Recruiting
Porto Alegre, Rio Grande Do Sul, Brazil, 90430
Contact: Site 065            
Local Institution Not yet recruiting
Rio De Janeiro, Brazil, 24033
Contact: Site 136            
Canada, Alberta
Local Institution Recruiting
Edmonton, Alberta, Canada, T6G 1Z2
Contact: Site 091            
Canada, Ontario
Local Institution Recruiting
Kingston, Ontario, Canada, K7L 3J7
Contact: Site 122            
Canada, Quebec
Local Institution Recruiting
Montreal, Quebec, Canada, H2L 4M1
Contact: Site 026            
Canada
Local Institution Recruiting
Quebec, Canada, G1R 2J6
Contact: Site 025            
Chile
Local Institution Recruiting
Temuco, Araucania, Chile, 4810469
Contact: Site 101            
Local Institution Not yet recruiting
Santiago, Metropolitana, Chile, 8380455
Contact: Site 172            
Local Institution Recruiting
Santiago, Metropolitana, Chile, 7510032
Contact: Site 104            
Local Institution Recruiting
Vina Del Mar, Valparaiso, Chile, 2540364
Contact: Site 072            
Colombia
Local Institution Not yet recruiting
Monteria, Cordoba, Colombia
Contact: Site 211            
Local Institution Not yet recruiting
Bogota, Colombia
Contact: Site 004            
Local Institution Not yet recruiting
Bogota, Colombia
Contact: Site 212            
Local Institution Recruiting
Medellin, Colombia, MEDELLIN
Contact: Site 005            
Czech Republic
Local Institution Recruiting
Hradec Kralove, Czech Republic, 500 05
Contact: Site 007            
Local Institution Recruiting
Liberec, Czech Republic, 460 63
Contact: Site 006            
Local Institution Recruiting
Praha 5, Czech Republic, 150 30
Contact: Site 162            
Local Institution Not yet recruiting
Praha 8, Czech Republic, 180 81
Contact: Site 207            
Denmark
Local Institution Recruiting
Herlev, Denmark, 2730
Contact: Site 094            
Local Institution Recruiting
Kobenhavn O, Denmark, 2100
Contact: Site 123            
France
Local Institution Recruiting
Bordeaux, France, 33075
Contact: Site 060            
Local Institution Recruiting
Clermont-Ferrand, France, 63000
Contact: Site 199            
Local Institution Recruiting
Marseille Cedex 9, France, 13273
Contact: Site 068            
Local Institution Recruiting
Pointe A Pitre, France, 97159
Contact: Site 165            
Local Institution Recruiting
Poitiers, France, 86000
Contact: Site 061            
Local Institution Recruiting
Villejuif Cedex, France, 94805
Contact: Site 059            
Germany
Local Institution Recruiting
Aachen, Germany, 52074
Contact: Site 205            
Local Institution Recruiting
Heidelberg, Germany, 69120
Contact: Site 010            
Local Institution Recruiting
Marktredwitz, Germany, 95615
Contact: Site 011            
Local Institution Recruiting
Munich, Germany, 81675
Contact: Site 013            
Local Institution Not yet recruiting
Neuss, Germany, 41464
Contact: Site 017            
Local Institution Recruiting
Wesel, Germany, 46483
Contact: Site 012            
Greece
Local Institution Not yet recruiting
Athens, Greece, 115 28
Contact: Site 185            
Hungary
Local Institution Recruiting
Budapest, Hungary, 1062
Contact: Site 081            
Local Institution Recruiting
Budapest, Hungary, 1145
Contact: Site 079            
Local Institution Not yet recruiting
Gyula, Hungary, 5700
Contact: Site 201            
Local Institution Recruiting
Miskolc, Hungary, 3526
Contact: Site 200            
Local Institution Recruiting
Szekesfehervar, Hungary, H-8000
Contact: Site 080            
Italy
Local Institution Recruiting
Forli, Italy, 47100
Contact: Site 076            
Local Institution Not yet recruiting
Milano, Italy, I-20132
Contact: Site 074            
Local Institution Not yet recruiting
Napoli, Italy, 80131
Contact: Site 075            
Local Institution Recruiting
Siena, Italy, 53100
Contact: Site 073            
Local Institution Not yet recruiting
Terni, Italy, 05100
Contact: Site 216            
Mexico
Local Institution Recruiting
Mexico, Distrito Federal, Mexico, 07760
Contact: Site 182            
Local Institution Recruiting
Mexico City, Distrito Federal, Mexico, 06726
Contact: Site 089            
Local Institution Recruiting
Tlalpan, Distrito Federal, Mexico, 14080
Contact: Site 088            
Local Institution Not yet recruiting
Huixquilucan, Estado De Mexico, Mexico, 52763
Contact: Site 087            
Local Institution Recruiting
Guadalajara, Jalisco, Mexico, 44280
Contact: Site 167            
Local Institution Recruiting
Zapopan, Jalisco, Mexico, 45150
Contact: Site 086            
Local Institution Recruiting
Mexico, Queretaro, Mexico, 76200
Contact: Site 184            
Local Institution Recruiting
San Luis Potosi, Mexico, 78240
Contact: Site 093            
Netherlands
Local Institution Recruiting
Amsterdam, Netherlands, 1081HV
Contact: Site 016            
Local Institution Recruiting
Sittard-Geleen, Netherlands, 6162 BG
Contact: Site 037            
Norway
Local Institution Recruiting
Kristiansand, Norway, 4604
Contact: Site 176            
Local Institution Recruiting
Oslo, Norway, 0450
Contact: Site 177            
Peru
Local Institution Not yet recruiting
Lima, Peru, 11
Contact: Site 002            
Local Institution Not yet recruiting
Lima, Peru, LIMA 11
Contact: Site 003            
Local Institution Not yet recruiting
Lima, Peru, 34
Contact: Site 001            
Poland
Local Institution Recruiting
Gdansk, Poland, 80-402
Contact: Site 107            
Local Institution Recruiting
Koscierzyna, Poland, 83-400
Contact: Site 163            
Local Institution Recruiting
Krakow, Poland, 30-017
Contact: Site 133            
Local Institution Recruiting
Kutno, Poland, 99-300
Contact: Site 164            
Local Institution Not yet recruiting
Lublin, Poland, 20-090
Contact: Site 210            
Local Institution Not yet recruiting
Poznan, Poland, 60-693
Contact: Site 206            
Local Institution Recruiting
Slupsk, Poland, 76-200
Contact: Site 145            
Puerto Rico
Local Institution Terminated
San Juan, Puerto Rico, 00921
Romania
Local Institution Not yet recruiting
Bucharest, Romania, 011172
Contact: Site 209            
Local Institution Recruiting
Bucuresti, Romania, 022328
Contact: Site 102            
Local Institution Not yet recruiting
Cluj Napoca, Romania, 00124
Contact: Site 208            
Local Institution Not yet recruiting
Cluj-Napoca, Cluj County, Romania, 400046
Contact: Site 152            
Local Institution Recruiting
Timisoara,Timis County, Romania, 300376
Contact: Site 151            
Spain
Local Institution Recruiting
Barcelona, Spain, 08036
Contact: Site 023            
Local Institution Recruiting
Hospitalet De Llobregat, Spain, 08907
Contact: Site 020            
Local Institution Recruiting
Madrid, Spain, 28040
Contact: Site 022            
Local Institution Recruiting
Sevilla, Spain, 41071
Contact: Site 021            
Local Institution Recruiting
Valencia, Spain, 46009
Contact: Site 019            
Sweden
Local Institution Recruiting
Stockholm, Sweden, 171 76
Contact: Site 095            
Local Institution Recruiting
Uppsala, Sweden, 751 85
Contact: Site 125            
Local Institution Recruiting
Vaxjo, Sweden, 351 85
Contact: Site 168            
Turkey
Local Institution Recruiting
Adana, Turkey, 01330
Contact: Site 128            
Local Institution Recruiting
Bornova, Izmir, Turkey, 35100
Contact: Site 078            
Local Institution Recruiting
Gaziantep, Turkey, 27310
Contact: Site 130            
Local Institution Recruiting
Kocaeli, Turkey, 41400
Contact: Site 051            
Local Institution Recruiting
Kocaeli, Turkey, 41380
Contact: Site 150            
United Kingdom
Local Institution Recruiting
Glasgow, Lanarkshire, United Kingdom, G12 0YN
Contact: Site 009            
Local Institution Recruiting
Guildford, Surrey, United Kingdom, GU2 7WG
Contact: Site 109            
Local Institution Recruiting
Birmingham, West Midlands, United Kingdom, B9 5SS
Contact: Site 084            

Sponsors and Collaborators

Bristol-Myers Squibb

Investigators

Study Director: Bristol-Myers Squibb Bristol-Myers Squibb

Additional Study Information:   http://www.researchforprostatecancer.com

Mais sobre os efeitos do exercício respiratório

HOJE, terça de carnaval, acordei com a pressão muito alta. O gráfico que incluo apresenta três medidas normais para mim, a altíssima de hoje de manhã e a tirada pouco depois, após dois exercícios respiratórios. Os resultados são claros:


Foram tomadas mais duas medidas não incluídas no gráfico: uma, após o café da manhã e algumas tarefas domésticas, e outra após um segundo exercício, que resultou numa baixa adicional.

Esses resultados são compatíveis com as seguintes afirmações retiradas da literatura sobre exercícios respiratórios:

Os efeitos são verdadeiros, aparecem, após dez ou vinte respirações profundas e controladas;

Os efeitos não desaparecem logo após o fim do exercício. Permanecem;

Novos exercícios devem reduzir mais a pressão, sobretudo a sistólica, embora tenham efeitos decrescentes (ou poderíamos ter pressão negativa).

Gláucio Soares


Ouro e calor contra câncer

Há uma nova perspective no tratamento de cânceres que, na minha opinião, é promissor. O primeiro passo consiste em injetar nano partículas de ouro nos pacientes. Essas nano partículas são preparadas de maneira a procurar as células cancerosas e grudar nelas. A partir daí há diferentes caminhos para atacar o câncer. Uma consiste em derramar seu conteúdo dentro das células cancerosas. Esse conteúdo usualmente é tóxico e mata as células. O outro está sendo testado na Washington University em St. Louis. Essa universidade é especialmente querida por mim porque foi lá onde me doutorei. Esse caminho também congrega as nano partículas ao redor das células cancerosas, se possível “grudando-as” nelas, usando depois uma terapia fotodinâmica. Um laser é dirigido para essas partículas, iniciando uma terapia fototérmica. O laser esquenta o ouro e esse aumento na temperatura é o suficiente para matar as células cancerosas. Um dos pesquisadores se chama Michael J. Welch.

Mas há problemas. O principal deles talvez seja o fato de que nosso sistema imune percebe as nano partículas como invasoras e as ataca. Os pesquisadores banharam as partículas numa substância chamada PEG que não é toxica. A PEG “engana” o sistema imune por um tempo, o suficiente para as nano partículas identificarem as células cancerosas e furarem em suas paredes, alojando-se parcialmente no seu interior. Posteriormente, o laser as aquece e a elevação da temperatura mata as células cancerosas.

Essa promissora terapia continua a ser desenvolvida, tendo recebido uma dotação de pouco mais de dois milhões de dólares do National Cancer Institute. Reiterando informação que veiculei anteriormente, essa dotação equivale a 0,004% do custo de construção do porta aviões Ronald Reagan. Para ser equânime, o Aerolula, que é o avião presidencial de luxo comprado em 2005 pelo governo Lula custou US$ 56,7 milhões, custou o equivalente a 26,6 pesquisas desse tipo.

Classe social, câncer e morte

O que determina o risco de morte entre cancerosos e cancerosas? São, apenas, as características da doença ou há outras variáveis que pesam? As classes sociais, ah, as classes sociais, conceito antigo que se renova a cada dia. Influenciam muito, quase tudo. O risco de morte também. Porem, para aquilatar o efeito da classe social sobre o risco é preciso refinar essa relação, aumentar a sua pureza. Para tal, devemos começar controlando os efeitos da raça, variável muito associada com a classe. Claro está que as características da doença pesam muito e devem ser controladas para “purificar” a relação, ou não saberemos onde termina o efeito dessas características e começa o da classe social.

Os pesquisadores analisaram o histórico médico de 4.844 mulheres com câncer de mama, 4.422 homens com câncer de próstata e outros 4.422 homens e mulheres com câncer do cólon. A renda e a educação dessas pessoas foram usadas para determinar sua classe. A pesquisa foi feita em 1997, em sete estados americanos.
O baixo status sócio-econômico, para começar, se relacionava com o estágio da doença, que era mais avançado entre os mais pobres.
Por que? Provavelmente porque foram diagnosticados mais tarde, quando os cânceres estavam mais avançados. As explicações para isso são múltiplas, mas saliento um comportamento diferencial das classes, com os níveis médios e altos fazendo exames (que custam caro para os mais pobres) mais cedo e um fracasso parcial de políticas públicas, que não protegeram muitos pobres em tempo hábil.
Porem, nem o tratamento é igual para todos. Os pobres receberam tratamentos menos agressivos (mais baratos). O risco relativo de morrer de qualquer causa entre as pessoas ricas e pobres era mais desigual se tinham câncer de mama: controlando pela idade, os pobres tinham um risco relativo 59% mais alto. Claro está que controlar a raça, a co-morbidade, o estágio do câncer e o tipo de tratamento reduzia a diferença. Em parte porque a diferença no risco passa pelas diferenças de diagnósticos precoces e tratamentos mais eficientes.
Entre os que sofriam de câncer de próstata, o risco de morrer (por qualquer causa) dos pobres era 33% mais alto. Os controles multivariatos mencionados acima reduziam a associação, como esperado. As diferenças entre ricos e pobres eram menores nos casos de câncer coloretal. O risco de morte dos pobres é particularmente mais alto depois dos 65 anos e entre negros e outras minorias.

A classe social é um fator de risco. A explicação passa por diagnósticos tardios e por tratamentos mais conservadores.

Postulo que resultados maiores entre os riscos de ricos e pobres caracterizam países e regiões socialmente ainda mais desiguais do que os Estados Unidos e que políticas públicas podem reduzir essas desigualdades.

Fonte:
Byers TE, Wolf HJ, Bauer KR, Bolick-Aldrich S, Chen VW, Finch JL, Fulton JP, Schymura MJ, Shen T, Van Heest S, Yin X. em Cancer. 2008 Jun 25.
PubMed Abstract

Medicamento Bloqueia o Câncer de Próstata

Mais um medicamento experimental que bloqueia o avanço do câncer de próstata! Já passou para a fase de testes in vivo, com camundongos. Trata de tipos agressivos da doença. O trabalho está sendo feito no Ohio
State University Comprehensive Cancer Center
. O agente, como tantos outros, tem um nome ameaçador: OSU-HDAC42, que pertence a uma nova classe de medicamentos chamada de histone
deacetylase inhibitors.
É uma luta que parece psicodélica — o câncer “desliga” genes que protegem o corpo contra o câncer, que então cresce e prolifera.
Este composto,
OSU-HDAC42, religa, reativa os genes que iniciam processos normais de nosso corpo que combatem o câncer.
Como foi feito? 23 camundongos foram injetados com uma forma precancerosa e receberam o medicamento; outros 23 formaram o grupo controle, foram injetados com a mesma forma precancerosa, mas não com o medicamento.
Entre os 23 que receberam o medicamento somente um mostrou sintomas iniciais de câncer; outros 12 continuaram com a forma precancerosa e dez tiveram um crescimento benigno. E os controles?
Os controles se deram mal.
17 dos 23 desenvolveram formas avançadas de câncer de próstata, dois mostraram sintomas iniciais e apenas um teve um crescimento benigno.
Esse medicamento, ou agente, praticamente “parou” o desenvolvimento de uma forma agressiva do câncer (que é diferente das formas não agressivas, inclusive com células diferentes).
Não sabemos, ainda, se além de “parar” o desenvolvimento do câncer o
OSU-HDAC42 poderá curar os cânceres já existentes, nem sabemos se previne formas menos agressivas.
Vai nos ajudar? Depende. Embora as idéias e as pesquisas iniciais desse tipo, com freqüência, sejam feitas por universidades, os testes mais caros, Fase III, com muitos pacientes, são feitos ou financiados por empresas farmacêuticas. As empresas, claro, funcionam como empresas e não como caridades e querem lucro. Querem medicamentos que dão certo e nós também. Qualquer medicamento que contribua para parar o avanço ou curar o câncer de próstata tem um mercado mais do que promissor que aumenta todos os anos. É nessa lógica que deposito minhas esperanças.